Assuntos tratados e resultado da reunião da COE Contec com a direção do Bradesco


Flagrantes da reunião da COE Contec com dirigentes do Bradesco, realizada na sede da Matriz do Banco, em Osasco

Foi realizada no último dia 21, na sede da matriz do Banco, em Osasco, a reunião da COE (Comissão Específica de Funcionários do Bradesco) da Contec com a direção do Bradesco. Estiveram em discussão vários assuntos de interesse dos empregados do Banco.

Pela COE, participou Gladir Basso, coordenador da Comissão e diretor de Assuntos Legislativos da Contec, que na ocasião representou o presidente da Contec, Lourenço Ferreira do Prado, além de presidente da Federação dos Bancários do Paraná  e do Sindicato de Cascavel; e Breno Ferreira, secretário da COE e diretor do Sindicato dos Bancários de Franca/SP. Participam também dirigentes da Contec e de federações e sindicatos ligados à Confederação de varas regiões do País.

Já pelo Bradesco participaram Victor Rosa Marinho de Queiroz, diretor de RH; Silvia Eduara Cavalheiro, gerente de Relações Sindicais, Saúde e Segurança; e Priscila Buck Mosca, gerente de Relações Sindicais.
A seguir, seguem os temas debatidos durante a reunião:
 
PDE (Premio de Desempenho Extraordinário)
COE: abrangência para todos os funcionários:
Banco: Victor: o Bradesco valoriza a carreira interna e este modelo busca maior reconhecimento. Como acontece com o POBJ, também ocorre na PLR, sendo esta abrangendo todos na organização.

Objeto: reconhecer profissionais que superam os objetivos e será somado a PLR e não substituído.

A medição será de formas diferentes, conforme o cargo ocupado. Não há instrumentos novos de medidas, são sistemas já utilizados por toda rede, por exemplo, faturamento líquido.

A forma será publicada neste mês de março, pois o Banco está nos ajustes finais.

O gerente regional não faz parte do programa.

Tem como base um desafio comercial. Por isso, cargos comerciais, pensando no plano de carreira, onde todos em algum momento serão contemplados.

O ADM será contemplado na remuneração do PDE.

O PDE segundo o Banco é destinado especificamente à área comercial, não extensivo a departamentos, caixas, escriturários, assistentes e gerentes regionais.
 
Assedio moral:
COE: melhor apuração dos fatos
Assédio sexual: 
COE: posição do banco 
Banco: Victor e Eduara: o banco está apresentando vídeo sobre assédio moral para todos, com preocupação com o assunto. Foram confeccionados sete vídeos sobre o tema e enviado a toda a rede.

Qualquer encaminhamento que se trate a questão de assédio, de qualquer forma deve ser tratada com as relações sindicais, pois este é o canal que deverá ser utilizado por todos os sindicatos.

Existe um compromisso por parte do RH do Banco com relação ao assunto. Todas as denúncias serão apuradas com muita seriedade, porém existem denúncias de que não há evidências que comprovem.
 
Conferência de regional:
COE:  Áudio conferência com tons de ameaça e cobrança de metas
Banco: Eduara: este assunto também será tratado como assédio no setor de relações sindicais, e deverão ser pontuados como denúncia.
 
Não conformidade:
COE: contato do banco através de SMS onde os gerentes não possuem como justificar-se 
Banco: Eduara: o papel do gerente de contas deve ser um consultor do cliente, este sistema é um medidor de qualidade. Quando da não conformidade, a matriz possui ferramentas de averiguação. O intuito não é prejudicar o funcionário.
 
 Falta de reposição de funcionários:
COE: agência com poucos funcionários, o que está gerando acúmulos de função
Demora na transferência:
COE: funcionários trabalhando sem promoção.
Banco: Victor: Temas de processos de longa data e discussões, formou-se um grupo de trabalho para ter visão integrada do processo. Esse processo é longo porque gera uma cadeia de promoções. O compromisso do RH é que todo o processo seja rápido e dinâmico.  O RH se comprometeu a dar uma atenção especial a este assunto.
 
Previdência privada; 
COE: aumento dos 4% na parte da previdência do funcionário e melhor divulgação do plano aos funcionários novos
Banco: Eduara: é possível através de aportes individuais feitos pela internet.
 
Plano de saúde: 
COE: problema de credenciamentos e criação de grupo para os aposentados.
Teste rápido de H1N1:
COE:  pedido
Liberação de exames para nutricionista:
COE: convênio não está fazendo exames laboratoriais solicitados pela nutricionista.
Banco: para que se possa ter a efetividade, deve-se fazer um melhor relato do que está ocorrendo por região. É necessário ir a fundo sobre a questão. Precisamos de um melhor detalhamento do que está ocorrendo em determinada região. A ideia é que se faça por federação.

Existe o canal direto na seguradora para solucionar a questão de médicos e especialistas não credenciados.

No que tange ao teste de H1N1, não está no rol da ANS.

A questão do profissional de nutrição não está na exigência da ANS, por isso não é feito.
 
Revisão documental: 
COE: demora e fragilidade do sistema, acúmulo de trabalhos dos funcionários da área comercial.
Banco: Eduara: Anotou os problemas apontados e comprometeu-se a anualizar os problemas de processo.
 
Assuntos gerais:
Barba: 
COE: Emissão de uma circular
Banco; Eduara e Victor: nunca foi proibido, por isso não há o que se liberar, trata-se de usos e costumes do banco, mas se houver problemas o sindicato deve entrar em contato com as relações sindicais. Fotos: Divulgação)





COMPARTILHAR