Bolsonaro diz que presidente da Caixa Econômica vai ser 'o exterminador de bancos'


Em rede social, presidente afirma que concorrentes devem seguir medidas como baixar mais os juros do cheque especial, do contrário Pedro Guimarães 'vai matá-los'

O presidente Jair Bolsonaro, em transmissão ao vivo numa rede social nesta quinta-feira, disse que o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, vai se tornar "o exterminador de bancos" devido às vantagens que o banco estatal vem apresentando em serviços como o cheque especial em relação à concorrência.

— Já está em vigor o novo valor da taxa do cheque especial, que baixou de 13% para 8%. E isso aconteceu porque a Caixa Econômica botou a 5% — O Pedro Guimarães, presidente da Caixa, está de parabéns, porque, se ele não tivesse essa iniciativa, a taxa continuaria em 13%, 14%.

Segundo Bolsonaro, a Caixa vem ganhando quase 500 mil clientes por mês atualmente.

— Vale abrir conta lá, pois ela está na frente dos outros bancos. A não ser que os bancos sigam o exemplo da Caixa. Caso contrário, o Pedro vai matar os outros bancos, o Pedro vai ser o exterminador de bancos, com esses números que ele está apresentando, para o cheque especial e outros itens, como o crédito imobiliário — afirmou o presidente.

Bolsonaro disse ainda que Guimarães está estudando diminuir a taxa do cheque especial ainda mais, para 4,5%, lembrando que a taxa básica de juros, a Selic, está nesse patamar. Em entrevista ao GLOBO, Guimarães disse que quer reduzir a taxa do cheque especial para  2% ao mês. (Fonte: O Globo)


COMPARTILHAR