Três a cada dez brasileiros buscam emprego há pelo menos dois anos


Especialistas acreditam que dados negativos se devem a falta de qualificação profissional dos candidatos - foto Paulinho Costa feebpr - 

A falta de emprego ainda persegue os brasileiros, mas a situação fica pior para 30% da população desempregada do país. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) mostram que três a cada dez desempregados buscam por uma vaga há pelo menos dois anos.

Segundo a pesquisa, pouco mais de 2,9 milhões de pessoas estavam em busca de um emprego há mais de dois anos no segundo trimestre. O IBGE já tinha estimado a população desempregada em 10 milhões de brasileiros.

Os dados mostram uma queda de meio milhão da população desempregada há dois anos entre o 1º e o 2º trimestre deste ano. Mas a proporção populacional se manteve estável, com quase 1/3 do público desempregado.

Especialistas alertam que esse número pode aumentar nos próximos meses, motivado, principalmente, pela falta de qualificação profissional dos candidatos. Segundo profissionais de Recursos Humanos, empresas buscam funcionários dispostos a acumular funções e que sejam especializados nos cargos que vão ocupar.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Outro ponto negativo para uma parcela significativa da população é a falta de formação básica. Segundo o IBGE, em dados divulgados em 2019, cerca de 52,2% da população com 25 anos ou mais não completou o ensino fundamental, enquanto 8% não completaram o ensino médio.

O IBGE ainda apurou dados sobre a desistência de desempregados na busca por uma vaga. Segundo o estudo, 4,3 milhões de pessoas desistiram de ir atrás de emprego no segundo trimestre de 2022.

A pesquisa, no entanto, não revelou os motivos que fizeram a população desempregada a desistir das buscas. (Fonte: Brasil Econômico)

Notícias Feeb/PR


COMPARTILHAR