Novembro Azul: 8 fatos que você precisa saber sobre o câncer de próstata


Sociedade Brasileira de Urologia faz alerta sobre as vantagens de realizar o exame periodicamente. Câncer de próstata provoca a morte de milhares de brasileiros todos os anos

O Novembro Azul é um movimento internacional para alertar as pessoas sobre a importância da prevenção contra o câncer de próstata - doença comum entre os homens com mais de 40 anos. De acordo com dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), a estimativa é de que, até o final de 2021, mais de 65 mil pessoas sejam diagnosticadas com o tumor. Mas, a pior notícia é que a doença faz, aproximadamente, 15 mil vítimas fatais por ano.

Para reverter esse quadro e evitar que o câncer de próstata continue provocando a morte de milhares de brasileiros, a única saída é incluir o exame detector na rotina. O diagnóstico precoce é fator fundamental para facilitar o tratamento e elevar as chances de cura. Além de evitar possíveis efeitos colaterais de procedimentos cirúrgicos e radioterápicos.

"Por outro lado, quando o câncer de próstata é identificado em estágios mais avançados, o tratamento indicado acaba sendo mais agressivo, podendo comprometer inclusive a produção de testosterona. A falta desse hormônio gera, entre outros, elevação no risco de doenças cardiovasculares, impotência sexual e distúrbios cognitivos", explica o oncologista clínico Andrey Soares.

A recomendação é que todos os homens - independentemente da idade - realizem consultas, pelo menos, uma vez por ano com um urologista. O médico, além de verificar a necessidade de investigar possíveis tumores, também avaliará a saúde geral do paciente para evitar o aparecimento de outras doenças. "Um dos fatores para se manter uma vida saudável é realizar exames preventivos periodicamente, pois, havendo qualquer problema, o diagnóstico precoce conduz a um melhor tratamento", reforça o urologista Dr. Carlos Bautzer.

Confira abaixo, alguns dados que a Sociedade Brasileira de Urologia destacou sobre o câncer de próstata:

  1. O câncer de próstata é o 2º tumor mais frequente entre os homens, após os tumores de pele (não-melanoma);
  2. Acontece, em média, um diagnóstico de câncer de próstata a cada sete minutos;
  3. Uma pessoa morre por causa da doença a cada 40 minutos;
  4. 25% dos portadores de câncer de próstata morrem devido a doença. O número poderia ser menor se todos os casos fossem detectados com antecedência;
  5. 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados em estágios avançados
  6. Quando os sintomas começam a aparecer, 95% dos casos já estão em fase adiantada. Por isso, é fundamental realizar exames periódicos, mesmo que não exista nenhum incômodo aparente;
  7. Ainda não existe prevenção concreta contra a doença. Mas, é possível diagnosticá-la precocemente;
  8. Com o diagnóstico precoce, as chances de cura são de 90%.
Atividades físicas são bem-vindas
Apesar da ciência ainda não ter descoberto um modo comprovado de prevenir o aparecimento do câncer de próstata, apostar em um estilo de vida saudável é uma das maneiras de fortalecer o organismo contra a doença.
 
"Há uma associação - ainda que pequena - entre atividade física e a diminuição de chances de aparecer câncer de próstata. Ainda que não haja conclusões mais detalhadas sobre a associação dos hábitos de vida e a incidência deste tipo de tumor masculino, o INCA e o Ministério da Saúde concordam que uma rotina saudável, alimentação balanceada e outros fatores ligados ao bem-estar podem ajudar na prevenção não só deste, como de diversos outros tipos de carcinomas", finaliza o Dr. Andrey Soares.

Fontes: Dr. Andrey Soares, oncologista do Grupo Oncoclínicas em São Paulo e Diretor Científico do LACOG-GU (Latin American Cooperative Oncology Group-Genitourinary). Dr. Carlos Bautzer, urologista do núcleo de Medicina Sexual do Hospital Sírio-Libanês e médico-assistente da disciplina de Urologia da Faculdade de Medicina do ABC. (Fonte: Terra)

Notícias Feeb Pr


COMPARTILHAR