Delegação do Paraná que participará do Encontro Nacional de Bancários


A delegação do Paraná estará viajando para São Paulo, onde irão participar do 46º Encontro Nacional dos Bancários e Securitários de Planejamento da Campanha Salarial 2018/2019, que ocorrerá a partir desta quinta-feira (24) até domingo (27).

“Neste evento, estaremos planificando a campanha salarial deste ano, com a discussão e definição da pauta nacional de reivindicações, que posteriormente será negociada com os banqueiros”, explica Gladir Basso, presidente desta Federação e do Sindicato de Cascavel da mesma classe.

Além de Gladir, a Federação dos Bancários do Paraná estará representada no Encontro Nacional pelos diretores João Haroldo Ruiz Martins e Valfrido Antonio de Oliveira. Já a delegação paranaense será formada por dezenas de dirigentes dos sindicatos de bancários filiados à Federação.

CASCAVEL
Gladir Atonio Basso
Reginaldo Filus
Antonio Ribas Maciel Jr
Edimilson Palma

FOZ
Gilson Roberto dos Santos
Paulo Roberto Korber

GOIOERÊ
José Antonio De Lima

MARINGÁ
Claudecir De Oliveira Souza
Israel Lobo Coelho
Carlos Roberto Rodrigues
Odilon Carlos De Oliveira
Ricardo Satoshi Wakita
Valdecyr José Silva
José Carlos Leopoldino
Nicéia Maria Catani
José Gilberto Martvi

PONTA GROSSA
Gilberto Lopes Leite
Julio Cesar Marenda

PARANAGUÁ
Tania Mara Lucas Soares
Francisco José C. De Carvalho

TELEMACO
George Fadel
Nilson Correa

UNIÃO DA VITÓRIA
Mafalda Aparecida Reese Mayer
Dagmar Bernardete Cecchin Bolsoni

ENCONTRO DO SUL

No dia 3 deste mês, em Curitiba, foi realizado o Encontro Interestadual do Sul dos Bancários e Securitários, que reuniu dirigentes do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Na ocasião, os sindicalistas desses estados discutiram e definiram que, nesta campanha salarial 2018/2019, a categoria deverá reivindicar reajuste salarial calculado pelo INPC dos últimos doze meses (setembro/2017 a agosto/2018), mais aumento real de 5%.

Além da questão salarial, o Encontro do Sul tipificou as seguintes bandeiras de luta desta campanha salarial:

- Contratação de mais bancários para atender a demanda de serviços e evitar a extrapolação da jornada de trabalho;
- Que as homologações das rescisões de trabalho voltem a ser realizadas nos sindicatos, já que alguns bancos, entre eles o Santander, Itaú e Banco do Brasil, vêm realizando essas homologações em suas agências, brecha essa aberta pela reforma trabalhista;
- Maior participação na PLR;
- Fim das metas abusivas e do assédio moral;
- Fim das terceirizações;
- Melhoria da segurança nas agências;
- Melhoria no ambiente de trabalho para prevenir e combater as doenças ocupacionais.


 CALENDÁRIO
 “Agora, essas propostas dos estados do Sul serão levadas para o Encontro Nacional, para serem debatidas e incluídas na minuta nacional, documento que será entregue à entidade patronal (Fenaban) visando a campanha salarial 2018/2019”, explicou Gladir Basso. O calendário definido pela Contec prevê que a pauta de reivindicações será entregue à Fenaban até o dia 12 de junho.


DOWNLOADS


COMPARTILHAR