Gladir fala em rádio sobre demissões, pandemia, PDV da Caixa e prova de vida


O presidente da Federação dos Bancários do Estado do Paraná e do Sindicato da classe de Cascavel, Gladir Basso, concedeu entrevista à Rádio Brasil Hits, de Cascavel, nesta terça-feira (24). No programa das 8 às 9 horas, apresentado pelo jornalista Ado Júnior, Gladir foi questionado e falou sobre a pandemia do novo coronavírus, em que os bancos estão demitindo funcionários mesmo depois de terem firmado compromisso com o movimento sindical de não demitir durante a pandemia. Neste ano, os bancos já dispensaram mais de 12 mil bancários, conforme dados do Caged, do Ministério da Economia. Só o Bradesco já demitiu cerca de 2.500 bancários.

Na entrevista, Gladir também abordou a questão da prova de vida, que devido à pandemia os bancos não estão exigindo até dia 30 der novembro. “Mesmo assim, os pensionistas, aposentados e outros beneficiários devem ir aos bancos e fazerem essa prova de vida para não deixarem para última hora”, orientou o sindicalista.

Outro assunto abordado na entrevista versou sobre o PDV (Programa de Desligamento Voluntário) da Caixa Econômica Federal, que com esse programa pretende desligar 7.200 funcionários. O prazo para adesão ao PDV vai até 30 deste mês. “Com mais esse PDV, o atendimento à população ficará ainda mais comprometido na Caixa, porque tanto esta instituição como os demais bancos, deveriam contratar mais funcionários e não demitir. Prova disso são as longas e demoradas filas para atendimento, bem como os problemas de saúde causados dos bancários”, frisou Gladir.


COMPARTILHAR