Primeira vice-presidente mulher no Banco do Brasil em 200 anos


(Por Vicente Nunes) -foto Paulinho Costa - 

O Banco do Brasil deu passos importantes na reconfiguração de sua vice-presidência, que, pela primeira vez em mais de 200 anos, terá uma vice-presidente mulher: Ana Paula Teixeira, que ocupará a vice-presidência de Controles Internos e Gestão de Riscos.
 
O anúncio do nome de Ana Paula foi comemorado dentro da instituição, que tem tentado dar maior representatividade ao seu quadro de diretores, sempre dominado por homens brancos.

Ana Paula Teixeira é graduada em Ciências Contábeis pela Universidade de Brasília (UnB). Sua sólida formação inclui pós-graduação em Ciências Contábeis pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e MBA em Finanças e Negócios Internacionais pela Universidade de São Paulo (USP-Fipe).

A nova vice-presidente do Banco do Brasil tem, ainda, mestrado em Economia pela UnB e curso de extensão pela Universidade de Chicago em bancos e sistema financeiro no mercado global.

Segundo o Banco do Brasil, Ana Paula é funcionária de carreira há 26 anos. Ao longo desse tempo, exerceu o cargo de diretora de Controles Internos e Compliance. Também atuou como diretora Comercial e de Produtos da BB DTVM e como presidente da Bescval.

Mais: foi gerente executiva de Risco de Crédito e gerente executiva de Risco de Mercado e Liquidez da Diretoria de Gestão de Riscos do Banco do Brasil.

A expectativa é grande em relação à atuação de Ana Paula, pois o Banco do Brasil está sendo investigado pela Controladoria-Geral da União (CGU) por irregularidades na demissão de integrantes da auditoria interna.

A CGU já se manifestou sobre o caso e ressaltou ter visto excessos. A Justiça também tem sido favorável aos auditores demitidos e aos que perderam as funções. Estão sendo reconduzidos às suas funções. (Fonte: Correio Braziliense)

Noticias Feeb Pr 


COMPARTILHAR