CONTEC AJUIZARÁ AÇÕES CONTRA O FECHAMENTO DE AGÊNCIAS, FIM DA GRATIFICAÇÃO DE CAIXAS E TRANSFERÊNCIAS COMPULSÓRIAS NO BANCO DO BRASIL


Em reunião do Conselho de Representantes da CONTEC, realizada no dia 05/02/21,  foi aprovada o ajuizamento de ações em face do Banco do Brasil, requerendo ao Judiciário a determinação do NÃO FECHAMENTO DE AGÊNCIAS, NÃO TRANSFERÊNCIA COMPULSÓRIA DE FUNCIONÁRIOS e PELA MANUTENÇÃO DA GRATIFICAÇÃO DOS CAIXAS, INDEPENDENTE DO TEMPO DE EXERCÍCIO DA FUNÇÃO, por se tratar de uma garantia constitucional prevista no Artigo 7º., Inciso VI, da CF/88 (irredutibilidade salarial).

O ingresso das Ações a Nível Nacional por parte da CONTEC foi uma solicitação dos Representantes das Entidades Sindicais presentes nas  Reuniões no dia 20/01/21 e 26/01/21, para REPRESENTAR TODOS OS BANCÁRIOS DO BB, onde CONTEC não deve abrir mão desse importante papel como Entidade Maior que Representa a Todos na Assinatura dos Acordos Coletivos e considerando a necessidade de Urgência na Medida Judicial que impeça o Banco de prejudicar tantos Empregados.

O Presidente da Federação dos Bancários do Paraná e do Sindicato dos Bancários de Cascavel e Região, Gladir Basso, que participou da reunião representando o Paraná, defendeu com ênfase essa medida por parte da Contec, por entender que "a nossa Confederação deve assumir o protagonismo na defesa dos direitos de todos os bancários do BB, em nível nacional, que estão sendo prejudicados nesse momento pela reestruturação imposta pela diretoria do banco".

A finalidade da Ação é Coletiva para Representar Todos os Bancários do BB, desta forma Convidamos todos a se Associarem ao Sindicato.


COMPARTILHAR